A gestão eficaz de recursos representa hoje mais do que em qualquer outra época, um grande desafio para a sociedade, uma verdadeira prioridade nacional. Vivemos tempos em que a busca de soluções adequadas para um desenvolvimento equilibrado, nos campos econômico e social, tem sido alvo de constantes e inadiáveis discussões, dentro de um ambiente de crescente complexidade e permanente mudança. Para enfrentar tal desafio, um importante papel é destinado ao ensino empresarial e às instituições de ensino superior, sejam elas Universidades, Faculdades Integradas ou Faculdades.

Neste sentido o curso de bacharelado em ADMINISTRAÇÃO da FACULDADE QUIRINÓPOLIS, tem como finalidade formar profissionais capacitados e reflexivos para atuar em áreas específicas das organizações e nas pequenas, médias e grandes empresas.

A Legislação que regula a profissão, Lei nº 4769 de 09 de setembro de 1965, regulamentada pelo Decreto nº 61.934/67 dispõe sobre o exercício da profissão de administrador, no seu artigo 3° diz: “A atividade profissional do Administrador atua como profissão liberal ou não, compreendendo: elaboração dos pareceres, relatórios, planos, projetos, arbitragens e laudos, em que se exija a aplicação de conhecimentos inerentes às técnicas de organização; pesquisas, estudos, análises, interpretação, planejamento, implantação, coordenação e controle dos trabalhos nos campos de administração geral, como administração e seleção de pessoal, organização, análise, métodos e programas de trabalho, orçamento, administração de material e financeira, administração mercadológica, administração de produção, relações industriais, bem como outros campos em que estes de desdobrem ou com os quais sejam conexos”.

A qualificação real dos administradores é mais difícil de ser observada e constitui-se mais no “saber-ser” do que no “saber-fazer”. O conjunto de competências e habilidades que os cursos de administração terão que colocar em ação através da articulação dos vários saberes oriundos de várias esferas (formais, informais, teóricos, práticos, tácitos) para resolver problemas e enfrentar situações de imprevisibilidade, constitui características desta qualificação real.

Este conjunto de competências amplia-se para além da dimensão cognitiva, das competências intelectuais, exigindo competências organizacionais ou metódicas, competências comunicativas, competências sociais, competências comportamentais, e competências políticas.

Neste contexto, as bases filosóficas e socioculturais ajudam a definir a seguinte Missão para o Curso de Administração da FACULDADE QUIRINÓPOLIS: é a articulação entre a sociedade e a educação, possibilitando graduações diferenciadas para atender as demandas renascentes e recorrentes, sensíveis com as realidades econômicas, culturais, regionais e globais.

Para tanto deverá adquirir uma sólida formação conceitual e humanística com o intuito de favorecer o desenvolvimento a competência conceitual, humanística, técnica, lógica, organizacional, social, comunicativa, política, social, comportamental e intelectual.

 

  1. Identificação do Curso

Reconhecimento: Portaria de Renovação de Reconhecimento nº 523 de 15 de outubro de 2013.

Modalidade: Graduação Presencial

Titulação: Bacharel em Administração

Turno de oferta: Noturno

Vagas oferecidas: 200 vagas anuais

Regime de matrícula: Semestral

Integralização curricular tempo mínimo: quatro anos

Integralização curricular tempo máximo: sete anos

Carga Horária Total: 3.612 horas/ aula – 3.010 horas relógio

         Matriz Curricular até 2016: Acesse aqui…

         Matriz Curricular a partir de 2017: Acesse aqui…

 

  1. OBJETIVOS DO CURSO

2.1 Objetivos Gerais 

O Curso de Administração da Faculdade Quirinópolis busca a construção de uma base técnico-científica que permita aos alunos desenvolver a autonomia na construção do conhecimento de modo a torná-los críticos, responsáveis, capazes de dirigir e coordenar estudos, desempenhar funções de gerenciamento e administração, elaborar planos adequados às necessidades das organizações do mundo moderno.

2.2 Objetivos Específicos 

– Formar cidadãos com competência e habilidade para empreender ações, analisando criticamente as organizações, antecipando e promovendo suas transformações, compreendendo o meio social, político, econômico e cultural no qual está inserido e a tomar decisões no contexto diversificado e interdependente;

– Formar profissionais em permanente atualização profissional e intelectual que apliquem a tecnologia, de forma inovadora para melhores condições de trabalho, superação de desafios.

– Formar profissionais para dirigir, supervisionar e gerenciar logística, planejamento estratégicos e específicos;

– Formar cidadãos éticos, responsáveis, justos flexíveis, criativos, comunicativos, líder de negociação, capazes de se adaptar às constantes mudanças do cenário empresarial contemporâneo.

– Formar cidadãos capazes de criar e ampliar oportunidades de forma consciente com motivação e habilidades de trabalho em equipe e de forma interdisciplinar;

– Formar cidadãos com fundamentação nos mais modernos quadros teóricos e técnicos do campo da Administração, visando o aperfeiçoamento contínuo.

 

  1. Perfil do Egresso

– O egresso do Curso de Administração, respeitadas as suas singularidades, deverá ser capaz de:

– Planejar, organizar, coordenar e controlar a consolidação e o funcionamento de empreendimentos do processo organizacional;

– Prestar serviços de assessoria ou de consultoria em organização e reorganização administrativa;

– Identificar e discriminar problemas, mediante a utilização dos princípios fundamentais da investigação científica, como forma de apresentar e recomendar soluções criativas práticas e exequível nas organizações.

– Analisar projetos e dados relativos ao desempenho de sua administração, de auto avaliação e de avaliar os outros com intuito de proporcionar retro alimentação aos diferentes subsistemas organizacionais e gerenciais;

– Acompanhar a evolução das legislações empresariais, sociais e tributárias às diferentes atividades organizacionais;

– Analisar a conveniência e a possibilidade da aplicação do processo sistemático de informação nos contextos organizacionais;

– Conceber e projetar estruturas organizacionais, apresentando flexibilidade intelectual e adaptabilidade à realidade empresarial na resolução de situações diversas;

– Conceber, desenvolver, implementar e documentar sistemas de qualidade em serviços para aplicações específicas;

– Utilizar amplamente os modernos recursos de informática integrados a outras tecnologias inovadoras em favor da agilização dos processos administrativos e operacionais das organizações.

– Desenvolver processos de negociação e nas comunicações interpessoais ou intergrupais;

– Refletir e atuar criticamente na esfera da produção, compreendendo sua posição e função na estrutura produtiva sob seu gerenciamento;

– Desenvolver raciocínio crítico e analítico para operar com formulações matemáticas presentes nas relações formais e causais entre fenômenos produtivos, administrativos e de controle, expressando-se modo crítico e criativo diante dos contextos organizacionais sociais;

– Ter iniciativa, criatividade, determinação, vontade política e administrativa, vontade de aprender, abertura às mudanças e consciência das implicações éticas do seu exercício profissional;

– Desenvolver capacidade para atuar nas áreas de Administração Financeira e Orçamentária, Administração Estratégica, Administração de Materiais, Produção e Logística, Administração de vendas e de marketing, Administração de Recursos Humanos e Administração de Sistemas de Informações;

– Desenvolver capacidade para realizar consultoria em gestão e administração, pareceres e perícias administrativas, gerenciais, organizacionais, estratégicos e operacionais.

 

  1. Responsabilidade Social

A graduação em Administração está alinhada às políticas de responsabilidade social da FAQUI, definidas em documento específico. Dentre as políticas traçadas, o corpo docente e discente de graduação e pós-graduação engajados no Projeto Pedagógico interage com os oito objetivos de desenvolvimento do milênio propostos pela ONU. Neste sentido desenvolvem-se ações efetivas, contribuindo com garantida da missão da instituição.

Prof. Adm. WANDEIR ELIAS DE SOUZA ( Currículo Lattes )

          Coordenador do Curso de Administração da Faculdade Quirinópolis